Dia do Estudante… dos Professores e das Famílias!

Hoje é Dia Nacional do Estudante.

Este dia é, desde 1987, dia de relembrar as lutas estudantis da década de 60 (1960), a importância social dos estudantes e o apelo à sua participação na (re)construção constante de uma Educação de qualidade, para Todos, um dos Direitos Universais consagrados na Constituição da República Portuguesa.

Hoje é um dia diferente. Hoje é Dia Nacional do Estudante. Do estudante que está a enfrentar uma pandemia que encerrou as escolas; do estudante que está em casa a cumprir as medidas de isolamento social; do estudante que, de um dia para o outro, se viu privado das suas rotinas habituais (das quais muitas vezes até reclama) e, assim obrigado a gerir um acumular de informações, condicionamentos e (provavelmente) algumas angústias.

Por tudo isto, hoje é o Dia do Estudante… e do Professor… e da Família!

Que nestes dias, juntos, têm (re)aprendido a vida feita de outra forma. Sem contacto. Com receio. Com espírito positivo e resiliente. Vamos todos ficar bem!

E, desta forma, o Estudante continua a estudar. Com professores que reinventam formas de comunicar, motivar e apoiar. Com famílias que, por vezes exaustas, se organizam em torno do trabalho e do estudo dos filhos. Com Estudantes que se mostram responsáveis, abertos a esta aprendizagem comum e que, acima de tudo, vão encontrando formas de nos mostrar que a Educação para Todos, com a implicação de Todos, tem um impacto muito mais global do que aquele que se vê na classificação de um teste.

Este dia é um dia diferente; é “O” Dia Nacional do Estudante… por força das circunstâncias, de pijama, por telefone, videoconferência, mail ou CTT. Haja vontade e o Estudante não deixa de estudar!

Susana Alves Alberto, Educadora de Infância e Coordenadora Pedagógica Projeto Grupos Aprender, Brincar, Crescer - Génios & Traquinas